AIEA confirma: Irã ultrapassou o limite de enriquecimento de urânio

© AFP 2022 / JOE KLAMARBandeira da Agência Internacional de Energia Atômica em frente da sede da organização em Viena
Bandeira da Agência Internacional de Energia Atômica em frente da sede da organização em Viena - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O diretor geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, afirmou hoje que especialistas da organização confirmaram que o Irã já superou o limite de enriquecimento de urânio estipulado no acordo nuclear firmado com as potências estrangeiras em 2015.

"O diretor-geral Yukiya Amano informou ao conselho da AIEA que os inspetores da agência determinaram em 8 de julho que o Irã enriquece o urânio-235 acima de 3,67%", declarou o porta-voz da agência, Fredrik Dahl. 

​No último domingo, Teerã anunciou que começaria a enriquecer urânio acima dos 3,67% já nesta segunda-feira, decisão fortemente criticada por governos europeus, que, por sua vez, falham em atender a demandas iranianas para compensar as perdas provocadas pela retirada unilateral dos Estados Unidos do acordo nuclear — Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA) — no ano passado. De acordo com as autoridades iranianas, se a Europa seguir ignorando esses apelos para contornar as sanções ilegais impostas pelos EUA, o Irã não terá outra alternativa a não ser reduzir progressivamente o cumprimento de seus compromissos no âmbito do JCPOA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала