'Mãe de Todas as Bombas' matou mais de 80 militantes terroristas no Afeganistão

© REUTERS / DVIDSStill image taken from a video released by the U.S. Department of Defense on April 14, 2017 shows the moment the "mother of all bombs" struck the Achin district of the eastern province of Nangarhar, Afghanistan
Still image taken from a video released by the U.S. Department of Defense on April 14, 2017 shows the moment the mother of all bombs struck the Achin district of the eastern province of Nangarhar, Afghanistan - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo a imprensa, mais de 80 militantes terroristas foram mortos no Afeganistão durante a explosão da Artilharia Maciça de Explosão no Ar (MOAB, sigla em inglês), também conhecida como a Mãe de Todas as Bombas.

Avião MC-130 da FA norte-americana durante missão de treinamento. De um avião deste tipo foi lançada a bomba GBU-43 contra o Daesh no Afeganistão em 13 de abril 2017 - Sputnik Brasil
Daesh diz que a 'Mãe de Todas as Bombas' não causou danos, relata AFP
Nesta quinta-feira, aeronaves militares dos EUA lançaram o explosivo de  9,5 toneladas na província afegã de Nangarhar. MOAB é a maior bomba não-nuclear no arsenal dos EUA.

Pelo menos 82 militantes foram mortos em consequência do ataque, informou o New York Times na sexta-feira, citando Attaullah Khogyani, porta-voz do governador da província de Nangarhar.

Mais cedo na sexta-feira, um porta-voz do Ministério da Defesa afegão disse que pelo menos 36 militantes do grupo islâmico Daesh foram mortos no ataque dos EUA.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não confirmou ter autorizado pessoalmente o uso da arma na quinta-feira, mas afirmou que os generais norte-americanos tiveram autoridade ampliada para levar a cabo ataques contra o Daesh.

The GBU-43/B, also known as the Massive Ordnance Air Blast, detonates during a test at Elgin Air Force Base, Florida, U.S., November 21, 2003 in this handout photo provided April 13, 2017. - Sputnik Brasil
Especialista militar sobre MOAB no Afeganistão: EUA são 'mestres da propaganda'
De acordo com Washington, a Mãe de Todas as Bombas foi utilizada para destruir um sistema de túneis subterrâneos e de cavernas em Nangarhar, supostamente usado por terroristas.

MOAB está em serviço nas forças armadas dos EUA desde 2003, mas na quinta-feira foi a primeira vez que a bomba foi usada em uma ação de combate. O custo de uma unidade do armamento é de US $ 16 milhões.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала