21:22 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Lançamento da maior bomba dos EUA (15)
    44754
    Nos siga no

    Os Estados Unidos lançaram a sua maior bomba não-nuclear de seu arsenal no Afeganistão, de acordo com informações divulgadas pela rede americana NBC News.

    A bomba foi usada contra um grande grupo de terroristas do Daesh (autodenominado Estado Islâmico, proibido na Rússia e em vários outros países) no leste do Afeganistão.

    Drone RQ-4 Global Hawk
    © AP Photo / Northrop Grumman via Marinha dos EUA, Erik Hildebrandt
    O Pentágono confirmou que a bomba GBU-43 apelidada de "a Mãe de Todas as Bombas" foi lançada na província de Nangarhar através de um jato MC-130, de acordo com o porta-voz do Pentágono, Adam Stump.

    O bombardeio alvejou cavernas dos jihadistas e foi operado pelo Comando de Operações Especiais da Força Aérea americana.

    "As forças dos EUA no Afeganistão realizaram um ataque em um complexo de túnel ISIS-K no distrito de Achin, província de Nangarhar, no Afeganistão, como parte dos esforços em curso para derrotar o ISIS (Daesh) no Afeganistão em 2017", informou o Comando Central dos EUA (CENTCOM) em comunicado à imprensa. "O ataque usou uma bomba GBU-43 lançada de uma aeronave dos EUA".

    Reportagem antiga do History demonstra poder da GBU-43

    O comunicado acrescentou que que o CENTCOM planejou o ataque de modo a oferecer risco mínimo para forças afegãs e dos EUA que estão atualmente na área. O CENTCOM assegurou que os Estados Unidos tomaram todas as medidas necessárias para evitar vítimas civis durante esta operação.

    A explosão aérea GBU-43 / B Massive Ordnance é uma bomba não nuclear convencional de grande rendimento, considerada a mais poderosa arma não nuclear já desenvolvida no momento da sua criação. Esta foi a primeira vez que a bomba foi usada em uma ação de combate.

    Ela está em serviço desde 2003 e foi desenvolvida para a Guerra do Iraque. 

    Tema:
    Lançamento da maior bomba dos EUA (15)

    Mais:

    Pentágono: EUA realizaram lançamento simulado de míssil nuclear de longo alcance
    Pentágono revela para que necessita de 400 novos misseis balísticos intercontinentais
    Pentágono diz que 58 dos 59 mísseis lançados contra base síria atingiram o alvo
    Tags:
    Afeganistão, Estados Unidos, Nangarhar, Achin, Adam Stump, Pentágono, Daesh, Estado Islâmico, Comando de Operações Especiais da Força Aérea dos EUA, Departamento de Defesa dos EUA, Comando Central dos EUA, CENTCOM, ISIS, Guerra do Iraque, GBU-43, Jato MC-130, guerra, Mãe de todas as bombas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar