Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Notícia da venda dos navios Mistral à Rússia 'vem de fontes secretas' polonesas

© AFP 2021 / JEAN-SEBASTIEN EVRARDNavios tipo Mistral
Navios tipo Mistral - Sputnik Brasil
Nos siga no
As informações referentes à transação dos porta-helicópteros Mistral entre o Egito e a Rússia foram obtidas de umas 'fontes confidenciais', informou o Ministério da Defesa da Polônia em comunicado assinado pelo vice-ministro da Defesa Bartosz Kownacki.

Em outubro, o ministro da Defesa polonês Antoni Macierewicz anunciou que o Egito vendeu os Mistral à Rússia pelo preço simbólico de um dólar.

A mídia polonesa tinha dúvidas quanto a essa notícia e descobriu que informações semelhantes figuravam na mídia social em 2015.

A informação sobre a compra e venda dos Mistral foi desmentida pela Embaixada do Egito em Moscou e pelo Ministério da Defesa da Rússia. Por seu turno, o porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov qualificou de absurdos tais informações.

Helicóptero Ka-52K - Sputnik Brasil
Egito solicita helicópteros russos Ka-52K para os navios Mistral
O contrato para fornecimento de dois porta-helicópteros Mistral à Rússia, no valor de 1,2 bilhões de euros, foi firmado em 2011 pela empresa francesa DCNS/STX e a estatal russa Rosoboronexport.

A Rússia devia ter recebido dois porta-helicópteros Mistral conforme o contrato assinado com a França em 2011. Entretanto, por causa dos acontecimentos na Ucrânia e das sanções contra a Rússia, o presidente François Hollande decidiu suspender o contrato e, em agosto de 2015, Moscou e Paris cancelaram o acordo.

No final de setembro de 2015, Hollande assinou um acordo com o presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi sobre a venda dos Mistral ao Egito.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала