14:33 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Porta-helicópteros Sevastopol do tipo Mistral, Saint-Nazaire, França, 16 de março de 2015

    Egito vende Mistral franceses à Rússia por $1?

    © AFP 2019 / GEORGES GOBET
    Oriente Médio e África
    URL curta
    49407
    Nos siga no

    O ministro da Defesa da Polônia, Antoni Macerevic, declarou que o Egito vendeu à Rússia os porta-helicópteros Mistral por um valor simbólico de $1.

    Ele informou disso às vésperas, discursando no parlamento. Mais tarde, respondendo às perguntas dos jornalistas sobre a fonte dessa informação, Macerevic disse que era uma "fonte muito boa" e sublinhou também que a "informação é segura".

    Entretanto, a mídia polonesa destacou que as informações difundidas pela mídia sobre esse negócio são duvidosas. Em particular, portais eletrônicos russos pouco conhecidos citam o canal televisivo SIS TV, contudo, no site do canal não há informações sobre a venda. As primeiras mensagens sobre a venda de dois Mistral por $1 surgiram ainda no verão de 2015.

    A Rússia devia ter recebidoEntretanto, o representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, desmentiu as informações sobre a venda dos Mistral.

    "As declarações de Antoni Macerevic sobre a compra dos Mistral pela Rússia ao Egito – é um disparate de sexta-feira. A exaltação do ministro da Defesa polonês já não é segredo, nem mesmo na Polônia. Tais declarações, como muitas outras, são feitas por Macerevic para autopromoção. Mas isso é um problema da liderança polonesa e não nosso", afirmou.

    A Rússia devia ter recebido dois porta-helicópteros Mistral segundo o contrato assinado com a França em 2011. Entretanto, por causa dos acontecimentos na Ucrânia e sanções contra a Rússia, o presidente François Hollande decidiu suspender o contrato e em agosto de 2015 Moscou e Paris cancelaram o acordo.

    Mais tarde o Egito comprou à França os mesmos dois Mistral. Os porta-helicópteros receberam seus nomes em honra de dois presidentes egípcios – Gamal Abdel Nasser e Anwar Sadat. Nesta semana o Egito pediu à Rússia o fornecimento de helicópteros Ka-52 para os Mistral.

    Mais:

    Tropas paraquedistas da Rússia e Egito trocam armas nos primeiros exercícios de tiro
    Força Aérea do Egito ataca militantes no Sinai
    Tudo para irritar a Rússia: Polônia constrói canal sem pensar nas consequências
    Mísseis Iskander contra Patriot: Polônia está entre EUA e Rússia
    Tags:
    declaração, venda, porta-helicópteros, Mistral, Igor Konashenkov, Polônia, Rússia, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar