Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Site alemão diz que mídia falhou ao destacar invasão russa no espaço aéreo turco

© Sputnik / Evgeny Epanchintsev / Abrir o banco de imagensSu-30 da aviação russa
Su-30 da aviação russa - Sputnik Brasil
Nos siga no
O site alemão Alles Schall und Rauch publicou a mídia falha ao fazer um alvoroço em torno da breve e acidental entrada do avião de combate da Rússia no espaço aéreo da Turquia no sábado (3), mas não se comporta da mesma forma quando, em uma escala muito maior e intencionalmente, a Força Aérea turca viola diariamente o espaço aéreo da Grécia.

“Pode-se entender a explosão emocional dos turcos se não fosse completamente artificial. Eles não devem ficar tão chateados quando eles próprios violam o espaço aéreo de seu vizinho”, observou o Alles Schall und Rauch.

Su-24 russos na base russa perto de Latakia, na Síria - Sputnik Brasil
Rússia explica entrada de avião no espaço aéreo turco
Segundo o site, somente na segunda-feira (5), a Turquia violou o espaço aéreo grego quatro vezes. As autoridades gregas, relata a publicação, registrou um total de 1.306 violações do espaço aéreo cometidas por 101 aviões militares turcos de janeiro a agosto de 2015. Mas esse quadro empalidece em comparação a janeiro de 2014, quando cerca de 1.000 violações alegadamente aconteceram.

A recíproca entre turcos e gregos seria verdadeira. A aviação militar grega também voa com frequência sobre o território da Turquia, destacou o Alles Schall und Rauch, referindo-se como um jogo de gato-e-rato.

"À propósito, o avião militar russo realmente não violou o espaço aéreo turco, porque Ancara moveu unilateralmente as fronteiras por 8 km (5 milhas) em território sírio. Esta tem sido chamada de uma zona tampão desde junho de 2012. Na época, um foguete da Síria abateu um avião militar turco que violou o espaço aéreo sírio”, divulgou o veículo alemão.

Caça Su-30 da Força Aérea russa - Sputnik Brasil
Jato russo invade espaço aéreo turco por acidente e americanos fazem ameaças
No último sábado, um caça russo Sukhoi Su-30 entrou no espaço aéreo turco por alguns segundos devido a más condições climáticas. Moscou se desculpou oficialmente pelo que classificou como um “mal-entendido” e se comprometeram a evitar tais incidentes no futuro.

Em uma entrevista ao EurActiv, o embaixador da Rússia na União Europeia, Vladimir Chizhov, observou que “todas as linhas de contato entre Moscou e Ancara estão abertas, incluindo de militar para militar. Os militares russos estão em modo on-line de contato com os militares turcos, prontos para discutir quaisquer questões que possam surgir”.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала