Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Na manhã de 7 de junho de 2017, três criminosos abriram fogo contra pessoas dentro do prédio do parlamento do Irã. Logo depois, surgiu a notícia sobre tiros no Mausoléu do aiatolá Khomeini, um memorial ao fundador da República Islâmica do Irã situado ao sul da capital iraniana. Mais tarde, o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e reconhecido como terrorista pela ONU) reivindicou a responsabilidade pelos ataques, que levaram várias vidas e feriram dezenas de pessoas.

Corpo do suspeito terrorista deitado no chão e cercado por policiais perto do Mausoléu do aiatolá Khomeini, Irã, 7 de junho de 2017 - Sputnik Brasil
Matérias
Escolher o período
mais matérias
  • Nesta semana
  • Neste mês
  • Neste ano
  • Tudo
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала