17:55 27 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0120
    Nos siga no

    Uma delegação russa vai discutir no sábado (9) a abertura de uma escola russa na capital síria com o ministro local do Ensino Superior.

    A questão foi levantada, pela primeira vez em julho de 2015. Além disso, será abordado o programa do treinamento para professores sírios de russo e organização de estágios de jovens especialistas.

    A escola deverá funcionar em modelo de educação abrangente e será chefiada por uma das maiores universidades russas, a Sinergia. 

    Por sua vez, a Rússia ampliou as quotas para a educação gratuita de cidadãos sírios nas universidades russas, o que foi anunciado pelo ministro adjunto das Relações Exteriores russo na conferência em Genebra em 30 de março. O número de estudantes  será dobrado para 300.

    Segundo o diplomata, “o ênfase será colocado nas profissões que são úteis para a restauração da economia e infraestrutura sírias destruídas pela guerra”.

    Em 2014 a língua russa foi introduzida como a língua estrangeira obrigatória em todas as escolas da Síria. Mais de 100 mil graduados das universidades soviéticas e depois russas ocupam hoje altos cargos na economia, política e cultura do país.

    Mais:

    Quer viajar ao espaço? Estude russo
    Índio na floresta russa: 'Quero me tornar cidadão da Rússia!'
    70% dos russos acham que aviação russa cumpriu sua missão na Síria
    Tags:
    Síria, Rússia, Damasco, língua russa, educação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar