‘Estratégia de Putin decidiu o destino de Palmira’

© AP Photo / Muzaffar SalmanSírios com as fotos do presidente sírio Bashar Assad e primeiro-ministro russo Vladimir Putin em Damasco
Sírios com as fotos do presidente sírio Bashar Assad e primeiro-ministro russo Vladimir Putin em Damasco - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O anúncio da retirada das tropas russas da Síria, feito pelo Presidente Vladimir Putin, foi um inteligente truque militar, escreveu o jornal alemão Deutsche Wirtschafts Nachrichten (DWN).

Forces loyal to Syria's President Bashar al-Assad gather at a palace complex on the western edge of Palmyra in this picture provided by SANA on March 24, 2016. - Sputnik Brasil
A libertação de Palmira: bastidores da operação (VÍDEO)
Após sua declaração, terroristas iludidos começaram uma ofensiva e terminaram em uma emboscada. Como resultado, o Exército sírio conseguiu libertar Palmira e impor uma dura derrota ao Daesh, relatou o jornal alemão.

Segundo o diário, a retirada das tropas russas da Síria foi uma grande surpresa para muitos observadores estrangeiros.

“Dependendo de suas posições, sugeriam que havia sido ou uma vitória russa sobre o Daesh e a Frente Nusra, ou a queda de Moscou diante dos terroristas”, diz o artigo.

Ao fazer o anúncio, o presidente russo, Vladimir Putin, iniciou uma manobra inteligente, matando dois coelhos com uma só cajadada. Por um lado, conseguiu desorientar os terroristas. Pelo outro, apoiou o Exército sírio na libertação de Palmira e aplicou um duro golpe nos militantes islâmicos.

As forças armadas da Síria recapturaram a cidade histórica das mãos dos jihadistas na semana passada, com apoio aéreo da Rússia. Durante os dez meses em que controlaram a cidade, os islâmicos destruíram vários tesouros e instalaram armadilhas nas ruínas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала