00:58 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Banderia dos EUA

    Pesquisa: candidatos presidenciais norte-americanos agradam a poucos

    © AFP 2017/ JEWEL SAMAD
    Sociedade
    URL curta
    346221

    A maioria dos norte-americanos acha que o país está indo em direção errada. Mesmo os candidatos mais populares à presidência dos EUA não estão isentos de críticas.

    Os resultados da pesquisa realizada pelo Wall Street Journal e NBC News mostraram que 65% dos entrevistados opinam que o país está indo em direção errada. O mesmo indicador havia sido registrado em novembro de 2014, quando os EUA decidiram introduzir sanções contra a Rússia. Nessa altura, 56% não apoiavam Obama.

    A opinião dos norte-americanos sobre os possíveis sucessores do atual presidente também é muito ambivalente.

    Enquanto a maioria dos entrevistados planeja votar na candidatura de Hillary Clinton (59% nomearam-na como ‘a escolha no primeiro turno’), outros 42% opinam que ela prejudica a imagem do Partido Democrático. O número de pessoas que têm uma atitude ‘muito negativa’ em relação a ela é o maior desde que são realizadas pesquisas semelhantes (janeiro de 2001) – 33%.

    A candidatura de Donald Trump provoca ainda mais questões. Segundo especialistas, 43% dos entrevistados têm uma atitude negativa sobre ele, 61% opinam que ele prejudica a imagem do Partido Republicano. E mais do que isso, a maioria dos entrevistados considera as declarações de Trump “ofensivas e racistas, que não devem ter lugar em uma campanha presidencial.”

    Nesta situação, metade de pessoas não aprova das ações do presidente Barack Obama, tanto na economia (49%) e na política externa (52%).

    A pesquisa da opinião pública foi realizada entre 26 e 30 de julho de 2015 pelo Wall Street Journal e NBC News e contou com a participação de 1.000 pessoas.

    Mais:

    Opinião: EUA querem guerra na Crimeia
    Pesquisa: EUA perderam liderança mundial
    Tags:
    eleições presidenciais, opinião pública, pesquisa, política, Donald Trump, Hillary Clinton, Barack Obama, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik