12:50 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1122
    Nos siga no

    Os militantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) queriam obter acesso a fontes radioativas na Rússia em 2020, conforme informação da Embaixada dos EUA.

    Isso foi referido no relatório anual da Corporação Estatal de Energia Nuclear Rosatom da Rússia relativo ao ano passado.

    Segundo o relatório, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia recebeu um documento não oficial da Embaixada dos Estados Unidos o qual falava de "possíveis tentativas de representantes da organização terrorista Estado Islâmico para obterem acesso a recursos radioativos no território da Federação da Rússia".

    A fim de corresponder a esse aviso, foram realizadas inspeções em todas as instalações da indústria nuclear do país.

    De acordo com o documento, "em setembro de 2020, em todas as instalações nucleares e radiativas da indústria [russa] foram organizadas inspeções de surpresa para controle do estado dos sistemas da proteção física das instalações".

    "Os resultados das medidas realizadas confirmaram a prontidão dos sistemas de proteção física das instalações da indústria para prover uma proteção física confiável das instalações industriais", sublinha o documento.

    Os materiais contidos nas fontes radioisotópicas são impróprios para criação de munições nucleares. Porém, com eles é possível fabricar uma bomba "suja" – uma hipotética munição com explosivo comum e contendo substâncias radioativas.

    Quando ocorre a explosão da munição, o contêiner com isótopos se destrói e, com a onda de choque, a substância radioativa se dispersa ao redor. Tal armamento, cuja utilização é considerada um dos tipos de terrorismo nuclear, nunca foi aplicado em condições reais.

    Mais:

    Líder do Boko Haram teria tentado se suicidar para evitar captura pelo Daesh
    Sem ajuda dos EUA, 'Daesh teria sido eliminado há muito tempo', diz MRE da Síria
    Assassino de Wurtzburgo tinha propaganda do Daesh e seria motivado pela Jihad Islâmica, diz mídia
    Tags:
    Rússia, Rosatom, radioatividade, material radioativo, substâncias radioativas, Daesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar