02:40 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1390
    Nos siga no

    O Banco Central da Rússia viu suas reservas de ouro e divisas aumentarem em 0,6% em uma semana, atingindo US$ 583,7 bilhões (R$ 3,2 trilhões) em 16 de abril.

    As reservas russas de ouro e moeda estrangeira cresceram em US$ 3,2 bilhões (R$ 17,52 bilhões) na semana que terminou em 16 de abril, de acordo com um comunicado do Banco Central da Rússia publicado na quinta-feira (22).

    "O volume das reservas internacionais em 16 de abril totalizou US$ 583,7 bilhões [R$ 3,2 trilhões], tendo aumentado em uma semana US$ 3,2 bilhões [R$ 17,52 bilhões], ou 0,6%, como resultado da reavaliação positiva e das operações de compra de moeda estrangeira, no quadro das regras orçamentárias", disse.

    Em 2020, as reservas internacionais do país tinham aumentado em 7,5%. Em 1º de janeiro de 2021 alcançavam US$ 595,8 bilhões (R$ 3,26 trilhões).

    As reservas internacionais da Rússia compreendem ativos externos altamente líquidos, incluindo ouro, moedas estrangeiras e direitos especiais de saque, um meio de reserva emitido pelo Fundo Monetário Internacional, definido em uma carteira de moedas (yuan chinês, euro, libra esterlina, iene japonês e dólar dos EUA) todas elas à disposição do Banco Central da Rússia e do governo russo.

    Mais:

    Sanções americanas farão Rússia ultrapassar China na produção de ouro até 2029, projeta Fitch
    Por que Rússia recua na compra de ouro optando por investir em títulos do Tesouro dos EUA?
    Dólar norte-americano é superado pela 1ª vez pelo ouro nas reservas da Rússia
    Tags:
    Banco Central da Rússia, Banco Central, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar