16:54 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    2273
    Nos siga no

    O serviço russo responsável pelas telecomunicações detecta com regularidade censura por parte do YouTube de conteúdos publicados em contas de mídia russa, informou a entidade de supervisão.

    "A administração do YouTube recorre regularmente à censura do conteúdo postado em contas oficiais da mídia russa sob o pretexto formal de que o conteúdo dos vídeos não corresponde à categoria etária. Filmes que foram transmitidos em canais federais russos de TV e que não têm restrições de idade, de acordo com a administração do YouTube só podem ser acessados por maiores de idade. Muitos vídeos são transmitidos após autorização na plataforma ou consentimento adicional para ver conteúdo adulto", disse o Serviço Federal de Supervisão de Comunicações, Tecnologia da Informação e Meios de Comunicação de Massa (Roskomnadzor, na sigla em russo).

    Além disso, o Roskomnadzor notou que "o YouTube está bloqueando cada vez mais vídeos que trazem aos espetadores posições diferentes da visão ocidental".

    "Vídeos que contam a verdade sobre a contribuição histórica da Rússia para a vitória sobre o fascismo e sobre os trágicos acontecimentos em Beslan estão sendo bloqueados sob falsos pretextos. O bloqueio do discurso do presidente da Rússia na conta oficial do canal NTV foi explicado pelo YouTube como um erro acidental", informa o serviço de supervisão russo.

    De acordo com Roskomnadzor "em 2020, a plataforma YouTube restringiu nove vezes o acesso a contas da mídia russa e três vezes acesso ao seu conteúdo. Nos primeiros quatro meses de 2021, foram bloqueadas três contas e 5 matérias de mídia russa". As restrições foram aplicadas às contas oficiais da NTV, Rússia 24, Russia Today, TVC e Sputnik.

    Anteriormente, um tribunal russo multou a rede social Twitter em mais de US$ 110 mil (R$ 600 mil) por esta se recusar a remover de sua plataforma dados que violam a lei russa.

    Mais:

    Tribunal russo multa Twitter em mais de US$ 110 mil por não remover 'dados ilegais'
    Rússia pune Twitter e o ameaça de bloqueio por conteúdo nocivo para crianças
    Tribunal russo multa TikTok em mais de US$ 30 mil por não exclusão de informações sobre protestos
    Tags:
    Rússia, YouTube, mídia russa, pretexto, conteúdo local
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar