17:32 26 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1130
    Nos siga no

    A rede social Twitter sofreu recentemente três multas por recusar-se a remover de sua plataforma dados que violam a lei russa ao disseminar materiais ilegais.

    O tribunal distrital 422 de Moscou, Rússia, multou em cerca de US$ 33.000 (aproximadamente R$ 185 mil) a rede social chinesa TikTok por sua falha sistemática em excluir informações ilegais na Rússia, incluindo sobre manifestações não autorizadas que ocorreram em todo o país no início deste ano, afirmou a assessoria de imprensa do tribunal à Sputnik nesta terça-feira (6).

    "TikTok Pte.Ltd foi considerada culpada [...] sob a Parte 2 do Artigo 13.41 do Código de Ofensas Administrativas da Rússia. Uma pena foi imposta na forma de uma multa administrativa de 2,6 milhões de rublos", disse o porta-voz do tribunal.

    Nesta terça-feira (6) o tribunal distrital 422 de Moscou também deveria iniciar as considerações sobre dois processos contra o Telegram Messenger Inc., mas as audiências foram adiadas devido à ausência das partes.

    Logo do twitter (foto de arquivo)
    © REUTERS / Kacper Pempel
    Logo do twitter (foto de arquivo)

    Twitter também multado

    Na semana passada, um tribunal de Moscou multou a rede social Twitter por esta se recusar a remover de sua plataforma dados que violam a lei russa.

    A rede social norte-americana será obrigada a pagar três multas, uma de quase US$ 42.000 (aproximadamente R$ 239 mil), outra no valor de US$ 43.000 (R$ 245 mil), e mais uma no valor de US$ 31.500 (R$ 179 mil), totalizando US$ 116.500 (R$ 665 mil). O Twitter deve pagar as multas no prazo de 60 dias a partir da entrada em vigor das sentenças.

    Outras redes sociais e aplicativos, como Facebook e Telegram foram avisadas que podem ser multadas por violar as leis russas ao disseminar materiais ilegais, incluindo aqueles que convocam os cidadãos russos a participarem de manifestações não autorizadas.

    Mais:

    Itália toma medidas contra TikTok após morte de uma garota
    Austrália diz que negociações continuarão com Facebook sobre publicação de notícias na rede social
    Trump estaria negociando com empresas de tecnologia criação de rede social
    Twitter pede contribuição de usuários para mudar abordagem a líderes mundiais na rede
    Tags:
    tribunal, Rússia, Twitter, Twitter, TikTok
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar