06:43 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    13994
    Nos siga no

    O ministro da Defesa da Rússia afirmou que os Estados Unidos e OTAN estão deslocando suas tropas para perto das fronteiras europeias russas. Por sua vez, a Rússia está tomando medidas em resposta a suas ações militares ameaçadoras.

    Na terça-feira (13), o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, disse que a Rússia está tomando medidas em resposta às ações militares ameaçadoras da OTAN. Os exercícios militares de exércitos combinados e Tropas Aerotransportadas da Rússia demonstraram a preparação total dos militares.

    "Reagindo à atividade militar da aliança ameaçadora para a Rússia, tomamos as medidas correspondentes. No âmbito das atividades de controle e formação durante o período de inverno foi realizada uma verificação surpresa da prontidão de combate das tropas dos distritos militares Ocidental e do Sul", revelou Shoigu.

    Os Estados Unidos e OTAN estão deslocando suas tropas para perto das fronteiras europeias da Rússia, mantendo o principal potencial militar na região do mar Negro e no Báltico, de acordo com Shoigu.

    "Atualmente, as tropas norte-americanas estão sendo transferidas das regiões continentais da América do Norte através do Atlântico à Europa. Está sendo realizado um deslocamento de tropas na Europa para perto das fronteiras russas. As forças principais se concentram nas regiões do mar Negro e do Báltico", afirmou o ministro da Defesa da Rússia.

    No total, perto do território russo ficarão concentrados cerca de 40 mil militares e 15 mil unidades de armamento e equipamento militares, inclusive da aviação estratégica, revelou Shoigu.

    As Forças Armadas russas transferiram em três semanas dois exércitos e três unidades de Tropas Aerotransportadas russas para as fronteiras ocidentais do país, informou o ministro da Defesa da Rússia.

    O ministro destacou que as tropas demonstraram sua total prontidão de combate e capacidade de realizar missões para garantir a segurança militar da Rússia.

    "Atualmente, estes agrupamentos e unidades estão envolvidos em exercícios. Todos os eventos de verificação são planejados para estarem concluídos em duas semanas", disse Shoigu.

    Anteriormente, Washington anunciou o aumento da "agressão russa" e o movimento de tropas na Crimeia e perto da fronteira com a Ucrânia. Os Estados Unidos apelaram à Rússia para explicar essas ações e declararam sua disponibilidade para dialogar. Por sua vez, a Federação da Rússia declarou que movimenta as Forças Armadas dentro de seu próprio território conforme acha necessário e que isso não representa ameaça para ninguém.

    Mais:

    EUA nas portas da Crimeia? Turquia reacende debate sobre acesso da OTAN ao mar Negro
    'Indecente': Zakharova critica CNN por reportar tanques ucranianos como sendo russos (FOTO)
    OTAN diz que ajudará Ucrânia a fortalecer suas Forças Armadas
    Rússia prepara fórum de cooperação com a Liga Árabe, diz Lavrov
    Erdogan apoia perspectivas de adesão da Ucrânia à OTAN
    Tags:
    fronteira, militares, Sergei Shoigu, defesa, OTAN, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar