00:41 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de abril de 2021 (58)
    2222
    Nos siga no

    A aplicação da dose única da vacina Sputnik Light reduz pela metade o risco de infecção pelo novo coronavírus, informou neste domingo (4) o diretor do Centro Gamaleya, Aleksandr Gintsburg. 

    A utilização da Sputnik Light, "que é o primeiro componente da vacina Sputnik V", permite "reduzir o risco de infecção em 50%, ou até mesmo 60%", disse Gintsburg. 

    O Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya desenvolveu tanto a Sputnik V como a Sputnik Light, versão de uma única dose baseada em adenovírus humano. A Sputnik V, por sua vez, requer duas doses com um intervalo de 21 dias para imunização completa.

    No final de março, o Ministério da Saúde da Rússia informou que os ensaios clínicos da Sputnik Light terminaram com sucesso. Além disso, a pasta disse que recebeu os documentos necessários para registro do imunizante.

    Segundo o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo), que comercializa os medicamentos produzidos pelo Centro Gamaleya, a Sputnik Light será destinada à exportação e a países em que a pandemia da COVID-19 está descontrolada.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de abril de 2021 (58)

    Mais:

    Idosa de 106 anos é vacinada com Sputnik V na Rússia
    Desenvolvedor da Sputnik V assegura Fernández que vacinação o protegerá de formas graves da COVID-19
    Peru negocia com a Rússia compra de 20 milhões de doses da Sputnik V
    Tags:
    Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), Aleksandr Gintsburg, vacina, novo coronavírus, COVID-19, pandemia, Sputnik V
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar