08:47 20 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    3130
    Nos siga no

    O envio do módulo de laboratório russo Nauka para a Estação Espacial Internacional (EEI) está preliminarmente agendado para abril de 2021, com julho sendo uma opção alternativa, disse uma fonte da indústria espacial à Sputnik.

    "O trabalho de preparação do módulo para o lançamento será concluído em abril de 2021. O lançamento está preliminarmente planejado para abril, mas dadas as condições balísticas, julho também está sendo considerado mais uma opção confortável", disse a fonte.

    O módulo Nauka é projetado para trabalho científico, armazenamento de cargas, ancoragem de naves espaciais e módulos de pesquisa, bem como transferência de combustível da espaçonave Progress para o módulo de serviço Zvezda.

    O laboratório russo Nauka está aguardando sua partida para a órbita desde 2007. Dmitry Rogozin, CEO da agência espacial russa Roscosmos, disse ao presidente russo Vladimir Putin em agosto de 2019 que os preparativos para o lançamento estavam em andamento.

    Em setembro passado, a Roscosmos anunciou que o lançamento seria realizado em novembro de 2020. No entanto, em abril, Rogozin disse que o lançamento seria adiado para 2021.

    Planos para EEI

    A Roscosmos planeja três lançamentos do cargueiro Progress rumo à Estação Espacial Internacional em 2021, de acordo com o plano de voo para o próximo ano a que a Sputnik teve acesso.

    A primeira espaçonave Progress MS-16 está programada para decolar para a EEI em 15 de fevereiro, a missão Progress MS-17, em 30 de junho, e a missão Progress MS-18, em 28 de outubro. Uma das naves trará para a plataforma orbital o novo módulo Prichal, que possui seis portas para acoplar outros módulos e espaçonaves.

    Atualmente o segmento russo da EEI consiste nos módulos Zarya, Zvezda, Pirs, Poisk e Rassvet.

    Nave espacial Soyuz se acoplando à Estação Espacial Internacional (EEI)
    © Foto / Nick Hague
    Nave espacial Soyuz se acoplando à Estação Espacial Internacional (EEI)

    Mais:

    Investigação conclui o que causou falha no foguete espacial Vega da ESA
    Europa assina acordo de US$ 102 milhões para trazer lixo espacial de volta para Terra
    Bactérias são capazes de viajar entre planetas, segundo experimento realizado na EEI
    Tags:
    cosmonauta, Roscosmos, módulo, laboratório, Rússia, Estação Espacial Internacional (EEI)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar