06:04 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    4490
    Nos siga no

    O Banco Central da Rússia tem seguido uma política de diversificação de reservas internacionais.

    As reservas em moeda estrangeira e ouro da Rússia aumentaram US$ 1 bilhão (R$ 5,3 bilhões) entre 21 e 28 de agosto, totalizando US$ 591,8 bilhões (R$ 3,14 trilhões), segundo dados publicados na quinta-feira (3) pelo Banco Central do país.

    Assim, o valor total das reservas subiu 0,2%, só em uma semana, graças à "revalorização positiva, em parte compensada pela venda de divisas no mercado doméstico".

    As reservas internacionais da Rússia consistem em sua grande parte de moeda estrangeira, reservas de ouro e direitos especiais de saque (DES), que estão à disposição do Banco Central e do governo russo.

    Recentemente, a Rússia tem aumentado significativamente suas reservas internacionais a fim de proteger a economia nacional, em parte devido à pandemia do novo coronavírus. O Banco Central está seguindo uma política de diversificação gradual das reservas, diminuindo sua parcela de dólares dos EUA e acumulando barras de ouro para reduzir a dependência do dólar.

    Mais:

    Investidores compram ouro por não haver boas alternativas? Especialistas explicam
    Ouro à prova de crises: por que nem mesmo coronavírus consegue rebaixar esse metal precioso?
    Sanções americanas farão Rússia ultrapassar China na produção de ouro até 2029, projeta Fitch
    Tags:
    dólar, Banco Central da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar