11:51 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Mundo e COVID-19 no final de agosto (52)
    2310
    Nos siga no

    Após criação pela Rússia de vacina contra o coronavírus SARS-CoV-2, Brasil, Venezuela, Azerbaijão, Cazaquistão e Bielorrússia recorreram à Rússia para pedir ajuda com a vacina.

    Ao total, 27 países já querem o medicamento russo, segundo informações da chancelaria do país.

    "Eu gostaria de informar que hoje, segundo informações do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, 27 países do mundo já expressaram desejo de adquirir a vacina contra a infecção pelo coronavírus, a vacina russa", disse em reunião do governo a vice-primeira-ministra russa Tatiana Golikova.

    Além disso, a aquisição da vacina por tais países pode ser feita através de diferentes formas de cooperação: desenvolvimento conjunto da vacina, testes clínicos, aquisições, produção local e ajuda humanitária.

    "Entre os países que recorreram a nós por ajuda figuram a Bielorrússia, o Azerbaijão, o Brasil, a Venezuela e o Cazaquistão, além de outros países", acrescentou.

    Além disso, outros 26 países "aguardam atentamente os resultados dos testes clínicos da terceira fase, que vamos obter em resultado da [administração da vacina] Sputnik V", disse a autoridade.

    Vacina russa

    No início de agosto, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou ao mundo a primeira vacina registrada contra a COVID-19.

    Desenvolvido no país, o medicamento conta com tecnologia desenvolvida por dezenas de anos e os testes clínicos têm comprovado sua eficiência, de acordo com o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, órgão responsável pelo desenvolvimento da vacina.

    Tema:
    Mundo e COVID-19 no final de agosto (52)

    Mais:

    Desenvolvedora de vacina russa vai estudar resposta imune secundária em vacinados
    Vacina russa contra COVID-19: quais estados brasileiros estão interessados e quando teremos testes?
    Rússia planeja produzir 2 milhões de doses por mês da vacina contra COVID-19 no fim de 2020
    Tags:
    Sputnik V, novo coronavírus, COVID-19, pandemia, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar