08:36 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    1334
    Nos siga no

    A Rússia abordou durante as consultas entre Moscou e Washington a estabilidade estratégica ocorrida na segunda-feira (22) passada em Viena, a necessidade dos EUA retirarem armas nucleares da Europa, disse a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

    "Reiteramos a necessidade de encerrar a prática de missões nucleares conjuntas da aliança [OTAN], bem como de os EUA retirarem armas nucleares dos territórios dos países europeus para o território nacional e eliminar a infraestrutura necessária para sua implantação na Europa", revelou a porta-voz da Chancelaria russa à imprensa nesta quinta-feira (25).

    As consultas russas e norte-americanas sobre estabilidade estratégica foram realizadas em Viena, na Áustria, na segunda-feira (22), com duração de cerca de dez horas.

    A delegação russa nas negociações foi liderada pelo vice-ministro das Relações Exteriores Sergei Ryabkov, enquanto pelos Estados Unidos a coordenação dos trabalhos foi feita pelo enviado especial do presidente dos EUA para o controle de armas, Marshall Billingslea.

    Entre outras coisas, as partes discutiram a possibilidade de estender o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (START III).

    Atualmente, o START III é o único tratado que mantém os EUA e a Rússia em estabilidade estratégica depois que a Casa Branca rompeu definitivamente o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), em 2 de agosto de 2019.

    Mais:

    Moscou: extensão do Tratado START é única maneira de evitar erosão do controle de armas
    Indecisos, EUA insistem em novo Tratado START com Rússia e China, afirma diplomata
    Estariam EUA arranjando pretextos para sair do tratado Novo START?
    Tags:
    segurança, defesa, diplomacia, Sergei Ryabkov, Maria Zakharova, OTAN, armas nucleares, Tratado INF, START III, Viena, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar