14:57 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    COVID-19 desafia mundo no início de junho (54)
    162
    Nos siga no

    Nas últimas duas semanas, os Estados Unidos entregaram um total de 200 ventiladores pulmonares para hospitais russos que lutam contra a COVID-19, reciprocando o gesto da Rússia no início de abril.

    Uma carga de 150 ventiladores fabricados nos EUA para pacientes da COVID-19 chegou à Rússia na quinta-feira (4), anunciou a Embaixada dos EUA em Moscou.

    A porta-voz da embaixada, Rebecca Ross, escreveu um tweet anunciando a entrega com um pequeno vídeo de um avião de transporte militar norte-americano aterrissando em um aeroporto de Moscou.

    Chegando agora a Moscou: entrega de ajuda humanitária do povo americano para o povo da Rússia. Isso representa uma doação de US$ 5,6 milhões (R$ 28,75 milhões) que inclui 200 ventiladores muito necessários fabricados pelos EUA para ajudar a Rússia a lidar com a crise da COVID-19.

    O primeiro lote de 50 ventiladores chegou no final de maio. De acordo com a Embaixada dos EUA, Washington cobriu totalmente os custos e a entrega.

    O embaixador russo nos EUA, Anatoly Antonov, elogiou a iniciativa na quarta-feira (3), descrevendo-a como um "gesto construtivo de boa vontade do presidente americano e do povo americano".

    "Apreciamos muito a ajuda dos EUA e espero que o povo americano e o governo americano também tenham elogiado a assistência médica que fornecemos algum tempo antes", acrescentou ele.

    A Rússia entregou para os Estados Unidos uma carga de suprimentos relacionados ao coronavírus, incluindo ventiladores e equipamentos de proteção individual, no início de abril.

    Tema:
    COVID-19 desafia mundo no início de junho (54)

    Mais:

    Conselho de Segurança dos EUA confirma envio de 1.000 ventiladores para o Brasil
    Сerca de 90% dos pacientes ventilados em Nova York por COVID-19 morrem, revela estudo
    COVID-19: Trump promete a venda de 1.000 respiradores ao México
    Tags:
    Anatoly Antonov, COVID-19, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar