22:09 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    761
    Nos siga no

    A deputada do partido governista Edinaya Rossiya (Rússia Unida) no parlamento da Rússia sugeriu anular o limite de prazos presidenciais após a adoção de emendas constitucionais.

    "Eu sugiro a retirada do limite de mandatos presidenciais ou então incluir em um dos artigos do projeto de lei uma disposição nos termos da qual se estipule que após a entrada em vigor da Constituição renovada o atual presidente, tal como qualquer outro cidadão, tenha o direito de ser eleito para o cargo de chefe de Estado", disse a deputada Valentina Tereshkova durante a sessão plenária da Duma de Estado (parlamento russo).

    Além disso, ela apelou aos deputados para apoiarem sua iniciativa "na sua essência e significado" e "ajudem a formular juridicamente a alteração necessária.

    Ainda hoje o chefe do partido russo LDPR, Vladimir Zhirinovsky, sugeriu que após as alterações à Constituição se realizasse eleições parlamentares antecipadas.

    "Direi isso depois da tribuna [da Duma de Estado]. [...] Nós manifestamos o nosso apoio e declaramos a posição que, se esta Constituição renovada entra em vigor em abril, sendo assim creio que devemos realizar eleições antecipadas para a Duma de Estado", disse o chefe do partido aos jornalistas antes do início da sessão plenária.

    De acordo com Zhirinovsky, as eleições parlamentares poderiam ser marcadas para 20 de setembro. A proposta ainda não foi discutida com outros partidos políticos.

    Em janeiro deste ano, durante o discurso perante a Assembleia Federal, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, propôs levar ao debate público uma série de emendas constitucionais.

    Vladimir Putin propôs que seja confiada à Duma (câmara baixa do parlamento russo) não só a concordância, mas a aprovação da candidatura do primeiro-ministro. Então, Putin propôs que o parlamento aprove também os membros do gabinete de ministros.

    De acordo com ele, a responsabilidade do parlamento da formação do governo aumenta a responsabilidade pelos resultados do funcionamento do gabinete de ministros.

    Segundo o presidente russo, quase todas as frações representadas na Duma acham que a Assembleia Federal está preparada para assumir maior responsabilidade na formação do governo.

    Mais:

    EUA consideram ataque nuclear como 'opção política' hoje, diz Rússia
    Decisões sobre cancelamento de cúpulas de BRICS e OCX na Rússia ainda não foram tomadas
    Tags:
    Vladimir Putin, Duma de Estado, governista, alterações, constituição, parlamento russo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar