21:27 29 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    10626
    Nos siga no

    O orçamento da Casa Branca para o ano fiscal de 2021 aponta a China e a Rússia como as principais ameaças dos EUA. O documento foi publicado nesta segunda-feira (10).

    A administração dos EUA está solicitando mais de US$ 700 milhões para combater a influência russa em todo o mundo em sua proposta de orçamento para 2021.

    "Ao entrar em 2020, as ameaças que os EUA enfrentam estão mudando e evoluindo rapidamente. Enquanto o povo americano ainda enfrenta os perigos impostos por terroristas islâmicos e criminosos transnacionais, os EUA também enfrentam os desafios de nações rivais ressurgentes, incluindo China e Rússia", diz o documento.

    O ano fiscal de 2021 nos Estados Unidos começa em 1º de outubro de 2020.

    "O orçamento reflete a necessidade de uma nova estratégia americana que corresponda às realidades dessa nova era", acrescenta a Casa Branca.

    O plano orçamentário prevê aumentos na área de defesa e recomenda um corte de cerca de US$ 2 trilhões (cerca de R$ 8,6 trilhões) em programas sociais.

    Mais:

    'É um blefe': especialista comenta VÍDEO de helicóptero dos EUA que 'destrói' sistema russo S-400
    Almirante dos EUA vê como 'preocupante' sucesso de mídia russa na América Latina
    EUA temem aliança tecnológica sino-russa mediada pela Huawei, segundo analista da Forbes
    Tags:
    orçamento, ameaça, Casa Branca, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar