22:10 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    8302
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (5), o chanceler russo, Sergei Lavrov, dá início à sua visita de três dias a diversos países da América Latina.

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, deve visitar Cuba, México e Venezuela.

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia informou que o avião do ministro deve fazer uma parada técnica na cidade de Santiago de Cuba.

    "Nesta cidade, Lavrov deve se encontrar com seu homólogo cubano, Bruno Rodríguez", informou o ministério.

    Na quinta-feira (6), o chanceler russo rumará à Cidade do México, onde se irá reunir com o seu homólogo, Marcelo Ebrard.

    Na ocasião, os ministros devem "debater temas atuais da agenda internacional, a problemática regional, assim como coordenar as posições dos dois países" a fim de "fortalecer as relações bilaterais e a cooperação na arena internacional", esclareceu a porta-voz do ministério russo, Maria Zakharova.

    Ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, fala com repórteres após seu país assumir a presidência pró-tempore da CELAC, em 8 de janeiro de 2020
    © REUTERS / Edgard Garrido
    Ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, fala com repórteres após seu país assumir a presidência pró-tempore da CELAC, em 8 de janeiro de 2020

    O último destino de Lavrov será a Venezuela. Em Caracas, o chanceler russo irá se reunir com o ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza e com a vice-presidente Delcy Rodriguez.

    Na Venezuela, os representantes dos governos devem debater as "sanções unilaterais e ilegalmente impostas" contra a Venezuela, que "deterioram a situação sócio-econômica" do país, informou o ministério russo.

    Sergei Lavrov também deve ser recebido pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    A visita de Sergei Lavrov à Venezuela ocorrerá na esteira do discurso sobre o Estado da União proferido por Donald Trump, no qual o presidente norte-americano prometeu "esmagar" o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

    Mais:

    Rússia lançou cooperação militar com quase 40 países em 5 anos, diz Defesa
    Alinhamento do Brasil com os EUA diminui 'credibilidade' do Itamaraty, diz analista
    Como Trump marcou o Brasil e América da Latina durante seus primeiros 3 anos
    Tags:
    América Latina, Venezuela, Cuba, México, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar