19:31 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    7911
    Nos siga no

    Um atirador abriu fogo no centro de Moscou perto do prédio do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) nesta quinta-feira (19). O incidente foi classificado pelas autoridades como um "ato de terrorismo".

    O Serviço Federal de Segurança da Rússia confirmou que o atirador foi neutralizado e eliminado. A identidade do atirador está sendo determinada pelo FSB.

    "Desconhecido abriu fogo perto da casa 12 da rua 'Bolshaya Lubyanka'. Há feridos. O agressor foi neutralizado. Sua identidade está sendo estabelecida", informou o FSB.

    O FSB negou relatos de vários meios de comunicação de que havia três homens que abriram fogo no centro de Moscou, destacando que o agressor estava sozinho. O Serviço Federal de Segurança classificou o incidente como um "ato de terrorismo"

    O Ministério da Saúde confirmou a repórteres que cinco pessoas ficaram feridas em decorrência do tiroteio.

    Imagens da cena que circularam nas redes sociais mostram a movimentação de vários policiais, além do som de tiros.

    ​Mais do centro de Moscou

    A porta-voz do Comitê de Investigações da Rússia, Svetlana Petrenko, declarou que foi instaurado um processo criminal pelo ataque às vidas dos agentes policiais.

    Já o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, declarou que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, está sendo "operativamente informado" sobre o tiroteio no centro de Moscou. 

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar