19:37 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    13810
    Nos siga no

    Incêndio atinge cruzador porta-aviões da Marinha da Rússia, Admiral Kuznetsov, em uma área de 120 m² fazendo 10 feridos.

    "Segundo informações atualizadas, durante o incêndio no cruzador 10 pessoas ficaram feridas, sendo que seis estão em UTI", informou um dos interlocutores da Sputnik.

    Sabe-se que as vítimas apresentaram quadro de intoxicação devido à inalação de fumaça. Entretanto, as vítimas já estão sob cuidados médicos e não correm risco de vida.

    Durante o incidente, o navio estava sendo submetido a reparos em uma das docas da cidade russa de Murmansk.

    Vídeo exclusivo mostra incêndio no cruzador porta-aviões Admiral Kuznetsov

    Como medida de precaução, todos os trabalhadores que estavam a bordo do navio foram evacuados.

    Faísca e coluna de fumaça

    Acredita-se que o fogo tenha começado quando uma faísca alcançou restos de combustível durante trabalhos de soldadura.

    "A bordo do navio decorria a troca de equipamentos de energia. Durante um trabalho de soldadura uma faísca caiu em um porão em que havia combustível derramado. Ocorreu uma deflagração", declarou Aleksei Rakhmanov, presidente da Corporação Unida de Construção Naval (OSK, na sigla em russo).

    O local do incidente se tornou palco de uma coluna de fumaça, enquanto as chamas ocuparam uma área de pelo menos 120 m² no navio.

    Segundo os serviços de emergência, o incêndio alcançou nível dois de dificuldade de uma escala de cinco. 

    História

    O Admiral Kuznetsov é um cruzador porta-aviões russo que foi lançado à água em 1987, pouco antes do fim da União Soviética.

    O navio já realizou diversas missões, incluindo operações antiterroristas no mar Mediterrâneo em 2017, logo antes de recolher para reparos que incluem a substituição de suas caldeiras.

    Mais:

    Marinha russa revela 'segredos' de seus navios e submarinos
    Especialista sobre disparo de míssil russo: Kalibr é uma superarma
    EUA não têm nada igual ao novíssimo submarino da Rússia, segundo especialista
    Tags:
    feridos, incêndio, Murmansk, Marinha da Rússia, porta-aviões, Admiral Kuznetsov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar