19:15 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Aplicativo russo FaceApp

    FBI classifica aplicativo russo FaceApp como ameaça de contrainteligência

    © AP Photo / Jenny Kane
    Rússia
    URL curta
    8314
    Nos siga no

    A diretora-assistente do Gabinete dos Assuntos Congressionais do FBI declarou que qualquer aplicativo desenvolvido na Rússia pode ser uma potencial ameaça de contrainteligência.

    O Departamento Federal de Investigação (FBI, na sigla em inglês) dos EUA trata qualquer aplicativo móvel desenvolvido na Rússia, incluindo o popular software FaceApp, como uma ameaça de contrainteligência, disse a diretora-assistente do FBI, Jill Tyson, em uma carta.

    "O FBI considera qualquer aplicativo móvel ou produto similar desenvolvido na Rússia, como o FaceApp, uma potencial ameaça de contrainteligência, com base nos dados que o produto coleta, suas políticas de privacidade e termos de uso, e os mecanismos legais disponíveis para o governo da Rússia que permitem o acesso a dados dentro das fronteiras da Rússia", escreveu Tyson, respondendo a uma consulta do senador Charles Schumer na segunda-feira (2).

    Schumer pediu em julho ao FBI para estudar se os dados pessoais carregados por milhões de americanos no FaceApp "podem estar chegando às mãos do governo russo ou de entidades ligadas ao governo russo". O senador chamou a resposta de um aviso para compartilhar com familiares e amigos.

    O criador do FaceApp, Yaroslav Goncharov, refutou repetidamente as alegações, dizendo que a empresa nunca transfere fotos de usuários para terceiros.

    O Kremlin não acredita que o FBI seja capaz de parar a produção competitiva de empresas de TI da Rússia falando de ameaças de aplicativos russos, declarou o porta-voz de Vladimir Putin, Dmitry Peskov.

    "É produção russa. Foram mencionados alguns programas, que, digamos, no âmbito da livre concorrência estão à frente de outros produtos similares, e estão tomando muito rapidamente posições nas áreas de mercado relevantes, incluindo no mercado de aplicativos de terceiros. É possível impedir esta competitividade com estas soluções do FBI? Acho que não. Produtos competitivos ainda estarão em demanda", disse Peskov a repórteres, em referência ao FBI considerar os aplicativos lançados na Rússia como uma potencial ameaça à segurança.

    FaceApp, que foi desenvolvido pela empresa russa Wireless Lab, permite o uso de várias tecnologias de edição de fotos para rapidamente fazer transformações versáteis. Em particular, para mudar o penteado de uma pessoa, sexo, idade, maquiagem ou tatuagens.

    O aplicativo teve no início deste ano uma onda de popularidade, já que muitos internautas em todo o mundo publicaram fotos editadas no FaceApp para se parecerem mais velhos.

    Mais:

    FBI lança campanha de recrutamento de informantes em russo com erros ortográficos
    Saiba qual será a nova função do WhatsApp
    Falha de WhatsApp Web deixa usuários com um idioma que não pode ser mudado
    Tags:
    FBI, inteligência, Rússia, aplicativos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar