08:55 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    303
    Nos siga no

    Duas aeronaves estadunidenses efetuaram voos de reconhecimento junto ao litoral da Crimeia e região de Donbass, segundo informações do site de monitoramento PlaneRadar.

    Às 07h40 no horário de Moscou (1h40, horário de Brasília) uma aeronave não tripulada RQ-4A Global Hawk da Força Aérea dos EUA, com o número de bordo 04-2021 e indicativo FORTE10, decolou da base aérea de Sigonella, localizada na ilha da Sicília.

    O drone atravessou o espaço aéreo da Bulgária e, às 12h25 (18h25 horário de Brasília), começou efetuar ações de reconhecimento na linha de demarcação em Donbass.

    Global Hawk passou 3,5 horas nesta região, tendo se deslocado pouco tempo depois para o litoral do mar Negro.

    16h00 (22h00) - Terminou o monitoramento da linha de demarcação em Donbass.

    16h55 (22h55) - Iniciou o voo de reconhecimento ao longo da costa russa do mar Negro.

    Para além disso, às 19h55, horário de Moscou (01h55 horário de Brasília), um avião de patrulha da Marinha dos EUA P-8A Poseidon com o número de bordo 169332 decolou da mesma base, Sigonella, e dirigiu-se até à fronteira sul da península da Crimeia.

    O avião voava à altitude de cerca de 8 mil metros, à velocidade de 792,5 km/h. Às 23h25 (05h25, horário de Brasília) o Boeing estava a 32 quilômetros da linha costeira da cidade de Sevastopol.

    20h25 (02h25) - Patrulhando perto de Sevastopol, a uma distância de 32 km da linha costeira.

    Aviões de reconhecimento e drones estrangeiros, particularmente dos EUA, têm sido uma presença constante perto das fronteiras russas.

    Eles têm sido avistados fazendo voos de reconhecimento sobre o mar Negro (perto da península da Crimeia), região de Kaliningrado, bem como perto da base militar russa na Síria.

    O Pentágono recusou pôr fim às suas operações perto das fronteiras russas, apesar de apelos do Ministério da Defesa da Rússia.

    Mais:

    Militares da Rússia farão novo voo de observação nos EUA
    Avião da Marinha alemã realizou voo de reconhecimento na fronteira ocidental da Rússia
    Tags:
    RQ-4 Global Hawk, Boeing P-8A Poseidon, crimeia, fronteiras russas, EUA, voo de reconhecimento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar