14:19 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    5211
    Nos siga no

    O presidente russo, Vladimir Putin, declarou que conversou brevemente com seu homólogo estadunidense, Donald Trump, durante a cúpula do G20 e disse ter explicado o incidente no estreito de Kerch.

    "Nós conversamos com o presidente Trump sobre o episódio, como é dito, eu respondi brevemente suas perguntas relacionadas ao incidente no Mar Negro. Ele tem sua posição sobre esses problemas — e eu tenho a minha. Seja como for, eu o informei sobre como vemos esse incidente", disse Putin em coletiva de imprensa.

    O líder russo também lamentou que a "necessária" reunião com Trump tenha sido cancelada por Washington. "Especialmente agora que o presidente Trump anunciou que os EUA pretendem sair do Tratado INF de mísseis de médio e curto alcance", disse Putin. 

    "Além disso, é necessário recuperar os contatos comerciais e econômicos e impulsionar a cooperação em outros problemas, como a Síria, o Afeganistão ou a Coréia do Norte."

    Comentando sobre o cancelamento repentino da reunião bilateral por Trump na véspera da cúpula, Putin observou que "é improvável que o presidente Trump tenha medo de qualquer coisa, ele é um homem muito experiente".

    "Espero que a reunião seja realizada quando o lado norte-americano estiver pronto", resumiu Putin e enfatizou que não coloca condições prévias para realizar a reunião com a Casa Branca.

    Mais:

    Putin e Merkel dicutem ações para comitê constitucional da Síria
    Mídia chama limusine de Putin de 'bunker sobre rodas'
    Kremlin: cancelamento da reunião de Putin e Trump não contribui para relações bilaterais
    Após cancelamento de Trump, Putin usará tempo disponível no G20 para se reunir com Erdogan
    Putin: ataque químico de terroristas em Aleppo não deve ficar impune
    Tags:
    Donald Trump, Vladimir Putin, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar