10:48 15 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Caças russos Su-25 decolando da base aérea em Hmeymim, Síria (foto de arquivo)

    Su-25 russos sobrevoam Ponte da Crimeia (VÍDEO)

    © Sputnik / Dmitry Vinogradov
    Rússia
    URL curta
    Violação da fronteira russa por navios ucranianos (53)
    4230

    Após a entrada ilegal de navios da Marinha da Ucrânia nas águas territoriais da Rússia, aviões de ataque Su-25 da Força Aeroespacial russa patrulham o estreito de Kerch.

    Nas imagens, publicadas pelo portal Kerch.Info, é possível ver dois aviões russos Su-25 voando paralelamente à Ponte da Crimeia. O vídeo foi gravado por testemunhas que cruzavam a ponte.

    Na madrugada de domingo (25), três navios de guerra da Marinha ucraniana, sem nenhuma autorização para navegar na área, invadiram as águas territoriais russas e avançaram em direção ao estreito de Kerch.

    Posteriormente, outras duas embarcações blindadas de artilharia partiram do porto ucraniano de Berdiansk na direção da ponte.

    Como resposta, o lado russo utilizou navios militares e um cargueiro para bloquear o acesso ao estreito, além de enviar os Su-25 para fazer o patrulhamento do espaço aéreo na região.

    Em comunicado à imprensa, o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) na Crimeia disse que a guarda costeira russa estava "tomando as medidas necessárias para garantir a segurança da navegação e pôr fim à provocação deliberada", que visava criar uma situação de conflito nesta região.

    Tema:
    Violação da fronteira russa por navios ucranianos (53)

    Mais:

    Ucrânia estava pronta para combater russos no estreito de Kerch, diz oficial
    Kiev declara que houve 'provocações' contra navios ucranianos no estreito de Kerch
    Superando tormentas: ponte da Crimeia está mais perto da sua conclusão final
    Kiev pede à UE e OTAN para punir Rússia por causa da Ponte da Crimeia
    Tags:
    sobrevoo, aviões de combate, ponte, Su-25, Forças Aeroespaciais Russas, Serviço Federal de Segurança (FSB), Estreito de Kerch, Ucrânia, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik