03:14 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bola de futebol. Jogo entre Cuba e o New York York Cosmos mistura política com esporte.

    Após agressões, representante do MRE russo sugere 'cadeirada' em quem perde pênaltis

    © Sputnik / Alexey Filippov
    Rússia
    URL curta
    130

    Estrelas esportivas que perdem pênaltis no futebol deveriam receber uma cadeirada no rosto, sugeriu a representante do Ministério de Relações Exteriores (MRE) da Rússia. O comentário furioso veio depois que dois jogadores de futebol agrediram uma autoridade do governo em Moscou.

    Os jogadores de futebol Aleksandr Kokorin e Pavel Mamaev, já conhecidos por acrobacias ultrajantes, teriam iniciado uma briga em um café. Depois de zombar de um funcionário do Ministério da Indústria e Comércio, Kokorin supostamente bateu na cabeça dele com uma cadeira.

    "Por que os funcionários do governo não pensam em bater na cabeça dos jogadores de futebol com cadeiras por perder pênaltis e não marcar gols? Imagine, se [um jogador] perder uma penalidade - ele recebe uma cadeira no rosto", escreveu Maria Zakharova no Facebook.

    A esposa de Mamaev, Alana, afirma que os jogadores estavam bêbados durante o incidente, acrescentando que não há outra explicação para o comportamento deles. O Ministério dos Esportes da Rússia e os clubes de futebol dos jogadores, Zenit e Krasnodar, também condenaram a briga. O ministro do Esporte, Pavel Kolobkov, prometeu investigar o ataque e punir os perpetradores.

    A Liga Russa ficou enfurecida com o comportamento de Kokorin e Mamaev, dizendo que "não há lugar para hooligans", e que suas ações lançaram uma sombra sobre o futebol russo.

    A dupla também foi acusada de envolvimento em um ataque a um motorista de Moscou nas horas que antecederam o incidente com o café. A polícia de Moscou está investigando o ataque.

    Mais:

    Político israelense diz que incidente do Il-20 é 'teste à firmeza de relações' com Rússia
    Conflitos, assassinatos e incêndios em armazéns: ministro ucraniano culpa Rússia por tudo
    Moscou repudia declarações de embaixador holandês que acusou Rússia de ataque cibernético
    Tags:
    hooligans, violência, futebol, Krasnodar, Zenit, Pavel Mamaev, Aleksandr Kokorin, Pavel Kolobkov, Maria Zakharova, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik