01:58 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento do foguete-portador Soyuz-FG transportando a nave espacial tripulada Soyuz MS-09 a partir do cosmódromo de Baikonur

    Roscosmos deve atingir grandes êxitos na exploração do espaço, declara Putin

    © Sputnik / Aleksei Filippov
    Rússia
    URL curta
    4120

    O presidente russo, Vladimir Putin, declarou que a corporação Roscosmos deve obter grandes êxitos na exploração espacial, já que a indústria espacial e de foguetes russa possui um grande potencial técnico e quadros qualificados.

    "A Rússia sempre teve competências amplas, e por vezes únicas, na exploração do espaço. Hoje a Roscosmos tem que alcançar êxitos marcantes nesta esfera, e em meio à concorrência internacional crescente deve reforçar as suas posições", afirmou Putin na reunião nesta quarta-feira (18).

    Além disso, o presidente da Rússia revelou os prazos de lançamento do foguete Angara. Supõe-se que será lançado em 2021. Os foguetes da classe pesada Angara A5 têm uma grande importância para apoiar a capacidade de defesa do país.

    "Espero um trabalho mais ativo na continuação do desenvolvimento da família de foguetes portadores Angara, incluindo o foguete da classe pesada Angara A5. Ele tem, como sabemos, uma grande importância para apoiar a capacidade de defesa do país. Para os seus lançamentos é preciso ampliar a infraestrutura do cosmódromo de Vostochny, iniciar a segunda etapa da sua construção e organizar os trabalhos para construir a mesa de lançamento para o Angara. Conforme o plano, o seu lançamento deve realizar-se em 2021", afirmou o presidente.

    Também Putin adicionou que os testes do foguete ultrapesado devem se iniciar em 2028, e os do foguete-portador de classe média Soyuz-5 – em 2022.

    "É imprescindível realizar a tempo uma série de projetos de grande escala e importância, incluindo no que se refere à criação do sistema de foguetes da classe ultrapesada. Assinalo que tudo que foi traçado antes, todos os prazos para sua elaboração marcados anteriormente devem ser cumpridos", disse ele aos dirigentes da indústria espacial.

    "O início dos testes de voo, conforme planejado, deve ter lugar em 2028", reparou.

    Finalmente, Putin abordou o tema dos satélites. De acordo com ele, no âmbito do programa Sfera, nos próximos anos devem ser lançados 640 satélites, o que interessa não só às empresas privadas nacionais, mas também estrangeiras.

    Ele mencionou que há projetos comerciais muito atraentes. "Entre eles está o novo programa Sfera, no âmbito do qual nos próximos tempos, nos vários próximos anos, devem ser lançados mais de 600 satélites, parece que se trata de 640 satélites", disse, e acrescentou que devem ser usados eficazmente na esfera de navegação, comunicação e sondagem remota da Terra.

    Mais:

    Europa se despede das naves espaciais russas Soyuz
    Turismo cósmico: empresa revela quando começará a vender bilhetes para viajar ao espaço
    Rússia quer participar do desenvolvimento da Base de Alcântara, diz a Roscosmos
    Tags:
    exploração, espaço, Angara, Soyuz, Roscosmos, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar