Terra não é limite para Rússia: cientistas pretendem extrair recursos no espaço

Nos siga noTelegram
A empresa russa Sociedade de Pesquisa e Produção Lavochkin acaba de definir as características que deve ter o módulo de transporte interplanetário para a extração de recursos minerais a partir de asteroides.

No início, os desenhadores planejam criar um dispositivo de transporte de propulsão elétrica, segundo é explicado na revista da empresa.

Asteroide binário 2017 YE5 (concepção artística) - Sputnik Brasil
NASA capta FOTOS de raríssimo asteroide perigoso para Terra
O referido módulo espacial será composto por um sistema de propulsão, tanques de combustível, equipamento de sobrevivência, comunicação e acoplamento.

Além disso, será possível equipar o dispositivo com componentes adicionais de acordo com seus objetivos. Assim, poderá atracar em um asteroide, instalar nele o equipamento de extração, armazenar os recursos extraídos em seus contentores e enviá-los para a Terra em módulos de transporte.

Ademais, possuirá módulos de transporte que também fornecerão energia e ajudarão a controlar o equipamento de mineração.

Os engenheiros da empresa alertaram que, para criar os dispositivos acima mencionados, será necessário desenvolver a tecnologia, que até agora ainda não atingiu um nível suficiente.

Marte - Sputnik Brasil
NASA mostra FOTO de misteriosas 'aranhas marcianas'
Antes da criação desses dispositivos, como acreditam os especialistas russos, é necessário desenvolver uma série de tecnologias que não existem hoje. Entre elas: uma plataforma de pouso, métodos de extração de minerais, agregados para o enriquecimento do material, recipientes para transporte e veículos retornáveis.

Nessa conexão, os pesquisadores determinaram as tecnologias que planejam usar nos futuros dispositivos. Em particular, os representantes da empresa optaram por um sistema de propulsão elétrica, uma vez que "aumenta a capacidade de transporte de cargas entre a Terra e os asteroides".

Os pesquisadores calcularam que o foguete Proton, por exemplo, será capaz de transportar entre 3 e 4 toneladas de minerais concentrados durante um voo. Ao mesmo tempo, admitiram que este tipo de motores não é adequado para extrair recursos na Lua devido ao baixo impulso dos motores elétricos. O pouso e a decolagem de foguetes exigiriam motores químicos, que são os usados principalmente em tecnologias espaciais.

A empresa enfatiza que a iniciativa pode ser rentável graças à extração de ouro e platina.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала