09:12 18 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    11201
    Nos siga no

    A atual situação da Crimeia não depende da recusa do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, de reconhecer a decisão da península de se juntar à Rússia, afirmou nesta segunda-feira o membro da Câmara Alta do Parlamento russo, Aleksei Pushkov.

    No início do dia, Erdogan encontrou o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko. Durante a reunião, o líder turco disse que Ancara apoiou a integridade territorial da Ucrânia e não reconheceu a "anexação ilegal" da Crimeia.

    "Se Erdogan reconhece a soberania russa sobre a Crimeia ou não, isso não mudará o status da Crimeia. Ele sabe disso e apenas agradou Poroshenko", escreveu Pushkov em sua página do Twitter na segunda-feira.

    Em março de 2014, após a queda do ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, a península da Crimeia votou em um referendo para se separar da Ucrânia e se juntou à Rússia, em um movimento que não foi reconhecido como legítimo pelos Estados Unidos, União Europeia, Turquia e outros países.

    Moscou enfatizou repetidamente que os residentes da Crimeia tomaram a decisão sobre a reunificação com a Rússia de forma democrática, em plena conformidade com o direito internacional e a Carta das Nações Unidas.

    Mais:

    Deputada ucraniana diz que Rússia 'ocupa Crimeia com povos da Sibéria'
    Ponte da Crimeia receberá sistemas de defesa utilizados em instalações militares
    'Negócio perdido': Crimeia reage à demanda da Ucrânia quanto à ponte que a ligará à Rússia
    Tags:
    crise ucraniana, referendo, política, diplomacia, ONU, Aleksei Pushkov, Viktor Yanukovych, Pyotr Poroshenko, Recep Tayyip Erdogan, Ucrânia, Crimeia, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar