08:18 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Flores e retrato do falecido embaixador russo na ONU, Vitaly Churkin, perto do Ministério das Relações Exteriores russo

    Cerimônia de despedida em Moscou do embaixador russo na ONU Vitaly Churkin

    © Sputnik / Eduard Pesov
    Rússia
    URL curta
    Morte do embaixador russo na ONU (10)
    5110
    Nos siga no

    O representante permanente da Federação da Rússia nas Nações Unidas, Vitaly Churkin, morreu na noite de segunda-feira, dia 20 de fevereiro de 2017. Os restos mortais foram entregues a Moscou nesta quinta-feira (23), tendo seus colegas da missão diplomática na ONU se despedido do embaixador em Nova York.

    Após uma cerimônia de despedida organizada para os cidadãos, Vitaly Churkin foi sepultado hoje, 24 de fevereiro, no Cemitério Troekurov, em Moscou. A cerimônia fúnebre foi atendida por dezenas de familiares, amigos e colegas próximos de Churkin e prosseguiu com todas as honras militares: o cortejo fúnebre foi recebido por guarda de honra e orquestra militar.

    • Chanceler russo, Sergei Lavrov, deposita flores ao caixão durante a cerimônia fúnebre do embaixador russo na ONU Vitaly Churkin
      Chanceler russo, Sergei Lavrov, deposita flores ao caixão durante a cerimônia fúnebre do embaixador russo na ONU Vitaly Churkin
      © Sputnik / Grigory Sysoev
    • Cerimônia de despedida do embaixador russo na ONU, Vitaly Churkin
      Cerimônia de despedida do embaixador russo na ONU, Vitaly Churkin
      © Sputnik / Grigory Sysoev
    • Cortejo fúnebre sai do edifício do hospital onde se deu a despedida do embaixador
      Cortejo fúnebre sai do edifício do hospital onde se deu a despedida do embaixador
      © Sputnik / Grigory Sysoev
    1 / 3
    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Chanceler russo, Sergei Lavrov, deposita flores ao caixão durante a cerimônia fúnebre do embaixador russo na ONU Vitaly Churkin

    Foi divulgado que o embaixador russo se sentiu mal quando estava em pleno serviço, em Nova York. A causa da morte foi revelada na madrugada do dia seguinte (21), ela foi provocada por um ataque cardíaco.

    Após começar sua carreira do diplomata em 1974, Churkin trabalhou como intérprete de inglês e vice-ministro das Relações Exteriores russo.

    Vitaly Churkin ocupou o posto de representante permanente da Rússia na ONU desde 8 de abril de 2006, tendo sido um dos embaixadores com a carreira mais longa nas Nações Unidas.

    Vale ressaltar que foi também ele quem introduziu a tradição de fazer briefings para jornalistas estrangeiros no Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Churkin tem sido elogiado pelos seus colegas na ONU pelo seu profissionalismo e dedicação. Muitos jornalistas ocidentais destacaram sua inteligência e virtuosidade em diplomacia.

    Tema:
    Morte do embaixador russo na ONU (10)

    Mais:

    Trump destaca papel crucial de Churkin na luta contra ameaças à segurança global
    'Fora dos limites do bem e do mal': Lavrov responde à Ucrânia sobre morte de Churkin
    Chancelaria russa critica Ucrânia por sua postura em relação à morte de Churkin
    Tags:
    cortejo fúnebre, cerimônia, embaixador, ONU, Vitaly Churkin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar