01:22 24 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Crime cibernético de hackers

    Rússia e ASEAN podem juntar esforços para responder ao crime cibernético

    Pixabay
    Rússia
    URL curta
    0 10

    A Rússia e a Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) estão dispostas a cooperar a fim de melhorar a cibersegurança.

    O anúncio foi feito na quinta-feira (01) por Ilya Rogachev, diplomata e chefe do Departamento de Novos Desafios e Ameaças do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    "Achamos que podemos refletir em conjunto sobre como melhorar a situação nesta área", declarou Rogachev ao discursar no Fórum Universitário Rússia-ASEAN, realizado no âmbito do Fórum Econômico do Oriente, na cidade russa de Vladivostok.

    Segundo ele, novas pesquisas na área de cibersegurança poderão ser do interesse da Rússia.

    Ao mesmo tempo o diplomata ressalta que "o crime cibernético está florescendo, com as empresas e as pessoas sofrendo grandes danos". Na opinião dele, existe a necessidade de criar uma base regulatória "tanto a nível nacional, como internacional".

    O Fórum Econômico do Oriente-2016 tem início na sexta-feira e encerra no sábado em Vladivostok, com número estimado de 2,5 mil participantes, provenientes de países como a China, Japão, Coreia do Sul, Índia, Vietnã, Austrália, EUA e Singapura.

    Mais:

    Chanceler norte-coreano participará do Fórum Regional da ASEAN
    ASEAN não obedece aos EUA e mostra sabedoria
    Tags:
    fórum, regulação, ação conjunta, crime, cibersegurança, Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), Ilya Rogachev, Singapura, EUA, Austrália, Vietnã, Índia, Coreia do Sul, Japão, China, Extremo Oriente Russo, Vladivostok, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar