05:32 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7286
    Nos siga no

    Em encontro com Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina, Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia, discutiu a Faixa de Gaza e "questões de interesse mútuo".

    Ancara não ficará em silêncio perante as "atrocidades de Israel" na Palestina, disse Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia, citado no sábado (10) pela agência turca Anadolu.

    O chefe de Estado turco falou em Istanbul, Turquia, com Mahmoud Abbas, presidente palestino, que afirmou que Erdogan foi "informado sobre os últimos desenvolvimentos políticos relativos à questão palestina" e "os efeitos da agressão israelense na Faixa de Gaza", incluindo o "deslocamento de cidadãos".

    O próprio Abbas queria "pedir a Erdogan que usasse sua influência junto ao Hamas para resolver a disputa entre a AP [Autoridade Palestina] e o movimento islâmico sobre a reconstrução da Faixa de Gaza", escreve no sábado (10) o jornal The Jerusalem Post.

    Erdogan, por sua vez, sublinhou que a Turquia "não ficou" e "não ficará em silêncio sobre as atrocidades de Israel na Palestina", comentando que a paz e a estabilidade não serão possíveis enquanto a "ocupação israelense" continuar, segundo a Anadolu.

    De acordo com Abbas, tanto ele como Erdogan examinaram ainda "questões de interesse mútuo".

    Em junho, durante o funeral em Hebron, na Cisjordânia ocupada, de Nizar Banat, um crítico da AP que morreu depois de ter sido preso, ocorreram grandes protestos contra Abbas. A família de Banat acusou a AP de o ter assassinado, ao mesmo tempo que manifestantes gritaram "Vá embora, Abbas" e "O povo quer derrubar o regime".

    No entanto, Mohammed al-Shalaldeh, ministro da Justiça palestino, alegou que não se tratava de um assassinato político por parte da AP e que esta estaria investigando o caso "objetiva, imparcial e confidencialmente".

    Mais:

    Jerusalém é nossa capital e continuaremos a construir lá, diz Netanyahu em meio à violência no país
    Liga Árabe e Turquia criticam abertura de embaixada tcheca em Jerusalém
    Em rara visita a Israel, ministro do Petróleo egípcio envia aviso para os EUA e Turquia, diz mídia
    Tags:
    The Jerusalem Post, Turquia, Anadolu, Cisjordânia, Hebron, Recep Tayyip Erdogan, Recep Erdoğan, Mahmoud Abbas, Palestina, Autoridade Palestina, Faixa de Gaza
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar