22:42 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    A administração do canal determinou, após uma investigação, que o capitão do Ever Given foi culpado de seu navio ter bloqueado o canal de Suez em 23 de março.

    A investigação sobre o navio porta-contêineres Ever Given, que bloqueou o tráfego no Canal de Suez por seis dias em março deste ano, concluiu que a culpa foi exclusivamente do capitão, e que a empresa proprietária tem o direito de exigir que os contêineres sejam descarregados, relatou na terça-feira (25) Osama Rabia, chefe da gerência do canal.

    "A investigação do incidente com o Ever Given confirmou que foi cometido um erro durante a navegação do navio, e que a responsabilidade total cabe ao capitão do navio e não aos práticos do canal, pois sua opinião é apenas consultiva", disse Rabia.

    O chefe da gerência citou a Lei de Navegação Marítima egípcia de 1990, segundo a qual os capitães dos navios são responsáveis por qualquer dano ao canal de Suez, e negou a responsabilidade da administração do canal pelo incidente, argumentando que, apesar de o navio ter encalhado em más condições atmosféricas, mais de 30 outros navios passaram aí com sucesso antes do incidente.

    No fim, apesar de inicialmente exigir uma indenização de US$ 916 milhões (R$ 4,87 bilhões), a administração do canal acabou por reduzir o valor para US$ 550 milhões (R$ 2,92 bilhões), diz o comunicado a que Sputnik teve acesso.

    A seguradora do Ever Given, a UK Club, por sua vez, considerou o penúltimo valor proposto de US$ 600 milhões (R$ 3,19 bilhões) como extremamente elevado. A companhia japonesa Shoei Kisen, à qual pertence o navio, informou em abril que estava negociando a redução do valor de indenização.

    Bloqueio do tráfego marítimo pelo Ever Given

    Em 23 de março o navio porta-contêineres Ever Given encalhou no canal de Suez, o que bloqueou a via fluvial e forçou a parar ou desviar o transporte de mercadorias por outras embarcações até 29 de março. A última vez que o canal esteve bloqueado foi em 1975.

    15 rebocadores participaram da operação de desencalhamento do Ever Given, com os últimos dos 422 navios em fila de espera passando o canal de Suez em 3 de abril.

    Cerca de 12% de todo o comércio mundial passa por este canal.

    Mais:

    Enorme navio porta-contêineres fica preso no canal de Suez, bloqueando tráfego (FOTO, VÍDEO)
    Equipes de resgate conseguem mover navio encalhado no canal de Suez (VÍDEO)
    Egito começa dragagem do canal de Suez após bloqueio de março (VÍDEO)
    Tags:
    Sputnik News, Sputnik, Canal de Suez, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar