20:57 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    190
    Nos siga no

    Ehud Olmert criticou as políticas do atual governo em relação à Palestina e diz que os assentamentos israelenses afastam o Estado judeu de chegar à paz na região.

    O ex-primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, calculou que o atual governo dificilmente será capaz de tirar proveito das hostilidades em curso com o Hamas para permanecer no poder, e acredita que a ocupação da Cisjordânia foi um erro estratégico do atual primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, de acordo com o site RT.

    "Não acho que ninguém deva querer lucrar com uma ação militar contra ninguém. Espero que [Netanyahu] não tenha isso em mente, mas não tenho certeza de que, mesmo se ele o tivesse, isso não o ajudaria [...]. Eu acho que o fato de ele não ter sido capaz de formar um gabinete após quatro eleições consecutivas que ocorreram em menos de dois anos [causou essa posição], e eu acho que se houver um quinto turno será o fim do [governo] de Netanyahu", disse Olmert.

    Ainda segundo Olmert, ter mantido o regime de ocupação na Cisjordânia foi um erro estratégico da liderança israelense de Netanyahu, declarando que continua a dar seu apoio para solução de dois Estados no conflito israelo-palestino.

    "Ele não fez o que um líder israelense deveria ter feito para avançar em direção à paz com os palestinos. Em minha opinião, a ameaça estratégica mais importante ao bem-estar do Estado de Israel é a ocupação contínua dos territórios na Cisjordânia", disse o ex-primeiro-ministro.

    No entanto, Olmert acredita que, para melhorar a situação, a comunidade internacional deve primeiro condenar as táticas terroristas empregadas pelo Hamas, e aconselha as autoridades israelenses a contornarem o grupo visando os habitantes da Faixa de Gaza, os ajudando a melhorar suas condições de vida, embora não tenha certeza de que isso seja possível no curto prazo.

    Ehud Olmert, ainda como primeiro-ministro israelense (à esquerda), aperta a mão do presidente palestino Mahmoud Abbas, em 2007, no Egito
    © AP Photo / Nasser Nasser
    Ehud Olmert, ainda como primeiro-ministro israelense (à esquerda), aperta a mão do presidente palestino Mahmoud Abbas, em 2007, no Egito

    Olmert ocupou o cargo de primeiro-ministro de Israel entre 2006 e 2009.

    Mais:

    Exército de Israel anuncia destruição da rede de túneis do Hamas na Faixa de Gaza (VÍDEO)
    'Apoie-os se puder': ex-assessores de Obama supostamente promovem organização ligada ao Hamas
    Cessar-fogo no conflito entre Israel e Gaza está próximo de ocorrer, prevê oficial do Hamas
    Tags:
    Hamas, Cisjordânia, Palestina, israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar