10:09 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    141544
    Nos siga no

    Prédio em Gaza onde estavam localizados os escritórios de várias mídias internacionais colapsou na sequência de um ataque aéreo israelense, informa o correspondente da Sputnik.

    O ataque aéreo israelense provocou o colapso de um edifício de 15 andares em Gaza que abrigava, entre outros, os escritórios de várias mídias internacionais.

    Anteriormente fontes locais afirmaram à Sputnik que Israel havia emitido um "aviso" de que dentro da próxima hora suas forças atacariam o prédio onde estavam localizados os escritórios do canal de TV Al-Jazeera, agência Associated Press e outras mídias internacionais na Faixa de Gaza.

    ​A Al-Jazeera acaba de transmitir ao vivo a destruição de seu prédio em Gaza.

    "A Força Aérea israelense destruiu completamente o prédio Al-Jala, onde se situavam vários meios de comunicação internacionais, como a Associated Press e a Al-Jazeera", disse a fonte.

    Nos últimos dias, aproximadamente 2.000 foguetes foram lançados do enclave palestino contra o território israelense, no entanto, segundo Exército de Israel cerca de 350 lançamentos fracassaram.

    De acordo com dados recentes, em Israel foram mortos sete civis e um militar. Tel Aviv por sua vez levou a cabo centenas de ataques contra a Faixa de Gaza.

    O Ministério da Saúde da Palestina relata sobre 139 cidadãos palestinos mortos e cerca de 1.000 feridos na sequência dos ataques israelenses.

    Mais:

    Merkel chama bombardeio de Israel perpetrado pela Faixa de Gaza de 'ataques terroristas'
    Caças israelenses atingem edifício de banco no norte da Faixa de Gaza, diz Exército (VÍDEOS)
    'Ainda não acabou': adverte Netanyahu enquanto Faixa de Gaza é atingida por ataques aéreos
    Tags:
    conflito armado, ataques aéreos, conflito israel palestina, Faixa de Gaza
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar