01:44 20 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    61350
    Nos siga no

    Desde a posse de Joe Biden, Israel intensificou seu discurso contra Teerã e, principalmente, contra o programa nuclear iraniano.

    Nesta terça-feira (2), o ministro de Cooperação Regional do Estado Judeu, Tzachi Hanegbi, disse que Israel possivelmente precisará agir sozinho em um ataque se quiser conter o programa nuclear iraniano.

    Tzachi Hanegbi afirmou que os Estados Unidos nunca atacarão o programa nuclear do Irã, e Israel terá que decidir se lançará tal ataque sozinho ou chegará a um acordo com o país vizinho sobre armas nucleares.

    ​"Os Estados Unidos nunca atacarão as instalações nucleares no Irã, Israel deve decidir se aceitará um Irã nuclear", afirmou Hanegbi, segundo informações do Times of Israel.  "Israel será forçado a agir de forma independente para remover este perigo", concluiu.

    Hanegbi diz que os iranianos provaram ter uma capacidade "muito limitada" de retaliação contra Israel.

    "É possível que no futuro não haja escolha [a não ser atacar o Irã militarmente]", acrescenta Hanegbi. "Espero que quando nossa liderança se deparar com esse dilema, não aceite um Irã com armas nucleares".

    Reator atômico na usina nuclear de Bushehr, no sul do Irã (foto de arquivo)
    © AFP 2021 / Atta Kenare
    Reator atômico na usina nuclear de Bushehr, no sul do Irã (foto de arquivo)

    Mais:

    Blinken: Irã poderá ter material para bomba atômica em semanas
    Irã apresenta novo veículo de lançamento de satélites de fabricação nacional (FOTOS, VÍDEO)
    Israel: Trump atrasou projeto nuclear do Irã e projeção dos EUA sobre material para bomba é otimista
    Tags:
    instalações nucleares, ataque, guerra, nuclear, arma nuclear, Irã, israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar