07:36 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5811
    Nos siga no

    Israel sobrevoa o céu do Líbano com caças F-35 com a justificativa de que precisa ficar atento ao movimento do grupo terrorista dos Hezbollah.

    Nesta segunda-feira (25) caças F-35 foram avistados sobrevoando o sul do Líbano até sua capital, Beirute, segundo reporta o The Times of Israel. Israel afirma que é forçado a sobrevoar o país para rastrear e prevenir as atividades ilegais do grupo terrorista Hezbollah, informa mídia israelense.

    Imagens dos caças F-35 foram registradas e publicadas no Twitter pelo repórter libanês, Ali Choeib, que, segundo a mídia, tem ligações com o grupo Hezbollah.

    ​O Líbano acusa rotineiramente Israel de voar com jatos em seu espaço aéreo, violando a resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Porém, no sobrevoo de segunda-feira (25), como as aeronaves são capazes de voar sem serem detectadas, a decisão de voar baixo o suficiente para torná-las claramente visíveis do solo parece ser uma mensagem clara de Israel para o Líbano e o Hezbollah sobre sua superioridade.

    Segundo a mídia, as Forças de Defesa de Israel se recusaram a comentar o relatório, citando sua política de não discutir atividades da Força Aérea.

    Israel estaria particularmente preocupado com o transporte realizado pelo Irã de mísseis guiados de precisão avançados para o Hezbollah através da Síria, Jerusalém entende que esse fornecimento é um grande ameaça para o país.

    Ao longo do mês passado, o país realizou pelo menos cinco ataques aéreos contra alvos na Síria, o mais recente deles na última sexta-feira (22), atingindo não apenas as forças ligadas ao Irã, mas também as baterias de defesa aérea sírias, que em resposta dispararam grandes quantidades de mísseis terra-ar e munições antiaéreas em aeronaves israelenses.

    Mais:

    Entre tapas e beijos, Erdogan quer se aproximar de Israel e Biden seria uma das razões
    EUA estão prontos para mediar acordo sobre a fronteira marítima entre Israel e Líbano, diz Pompeo
    Israel faz acusações contra o Líbano e diz que questão sobre fronteira marítima é 'beco sem saída'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar