07:48 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    190
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Líbia, Mohamed Siala, disse à Sputnik neste sábado (2) que três cidadãos russos, que já tinham sido liberados, não foram sequestrados, mas estavam perdidos.

    Na manhã deste sábado (2), o chefe do Fundo de Proteção dos Valores Nacionais da Câmara Cívica da Federação da Rússia, Aleksandr Malkevich, anunciou que os russos não foram sequestrados, mas, sim, detidos na Líbia e já estão a caminho da Rússia.

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o ministro das Relações Exteriores da Líbia, Mohamed Taher Siala, participam de uma entrevista coletiva após seu encontro em Moscou, na Rússia
    © REUTERS / RUSSIAN FOREIGN MINISTRY
    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o ministro das Relações Exteriores da Líbia, Mohamed Taher Siala, participam de uma entrevista coletiva após seu encontro em Moscou, na Rússia
    "Eles não foram sequestrados, estavam em um barco que pode ter se perdido e entrado nas águas da Líbia, então foram presos e concordamos com [o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Mikhail] Bagdanov em deportá-los. Então, hoje, um avião russo chegou para buscá-los conforme o acordo", declarou Siala.

    Malkevich disse mais cedo que russos tinham sido "sequestrados", mas não esclareceu o propósito dos russos na Líbia nem especificou por quem foram detidos.

    "Sequestro ou detenção, que seja detenção. Estamos muito agradecidos aos colegas líbios, que desta vez resolveram a situação muito rápido", declarou Malkevich.

    Mais:

    Rússia não é 'ameaça direta' para OTAN, afirma Stoltenberg
    Mesmo com oposição norte-americana, UE continua ligada a Rússia e China?
    Cidadãos russos Shugalei e Sueifan presos na Líbia são soltos
    Tags:
    relações bilaterais, Rússia, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar