14:11 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    152553
    Nos siga no

    As Forças de Defesa de Israel teriam recebido instruções do seu governo para a possibilidade de os EUA realizarem um ataque militar contra o Irã, antes do presidente Donald Trump deixar o cargo.

    Segundo altos funcionários israelenses da Força de Defesa de Israel (FDI), o alerta do governo não se deve a nenhum sinal de inteligência ou avaliação de que Trump esteja se preparando para ordenar o suposto ataque, mas sim porque os primeiros preveem "um período muito delicado" antes da esperada posse de Joe Biden no ano que vem, conforme citou o portal Axios.

    Os preparativos exigidos às FDI estão relacionados a uma possível retaliação do Teerã contra Israel - diretamente ou por meio de forças pró-iranianas na Síria, em Gaza e no Líbano - em caso de ataque dos EUA.

    Apesar da expectativa israelense de esperar que seu país receba algum tipo de aviso prévio sobre o possível ataque dos EUA ao Irã, eles temem que o prazo não seja longo o suficiente para se prepararem totalmente. Por essa razão, as FDI começaram a agir preventivamente com base no pressuposto de que tal cenário é possível.

    'Uma guerra completa'

    Na semana passada, o jornal The New York Times informou que Trump levantou, em reunião com membros seniores de sua equipe de Segurança Nacional, a possibilidade de atacar instalações de enriquecimento de urânio iranianas, localizadas em Natanz. No entanto, vários dos membros referidos, supostamente, dissuadiram o presidente, alertando-o de que atacar essas instalações poderia facilmente se transformar em um conflito mais amplo e inapropriado nas últimas semanas da presidência de Trump.

    Por sua vez, Hossein Dehghan, conselheiro do aiatolá Ali Khamenei, e possível candidato nas próximas eleições presidenciais iranianas, contou à AP, também na semana passada, que um ataque militar dos EUA ao Irã poderia desencadear uma "guerra completa" no Oriente Médio

    Mais:

    Palestino suspeito de atentado contra posto policial é morto por agentes israelenses
    Embaixador do Irã equipara sanções a crimes contra a humanidade
    Irã e Qatar assinam memorando histórico de cooperação
    Tags:
    Oriente Médio, conflito, EUA, Irã, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar