03:54 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7491
    Nos siga no

    Presidente do Irã, Hassan Rouhani, declarou vitória do país na guerra econômica com os Estados Unidos, acrescentando que Teerã superou com sucesso as sanções impostas por Washington.

    "Os americanos esperavam que a economia do [nosso] país ficasse paralisada pouco depois da introdução das sanções, mas hoje conseguimos governar o país com planejamento e confiança na economia livre de petróleo", disse Rouhani em uma reunião econômica de alto nível, conforme cita a agência Tasnim.

    As medidas permitiram à economia iraniana mostrar sua força e não ser derrotada pelos EUA, acrescentou o presidente.

    "Esta é uma demonstração de poder e uma grande vitória para a nação iraniana na guerra econômica", ressaltou.

    De acordo com um documento publicado anteriormente no jornal The New York Times, enquanto Washington exerce pressão contra Teerã na tentativa de isolar o país, a China deve fechar um acordo de cooperação em várias áreas com a República Islâmica.

    Os investimentos chineses devem rondar US$ 400 bilhões (cerca de R$ 2,1 trilhões) durante 25 anos, em troca Pequim deverá receber fornecimento constante de petróleo do Irã a preço reduzido.

    No início do mês, o vice-presidente do Irã, Eshaq Jahangiri, afirmou que os EUA não conseguiram atingir seu objetivo de impedir o país de exportar petróleo.

    Mais:

    China deve investir US$ 400 bilhões e aumentar laços militares com Irã, apesar das sanções dos EUA
    EUA querem estender embargo de armas contra Irã com 'mentiras', diz Teerã
    Judiciário do Irã confirma execução de iraniano acusado de colaborar com CIA, divulga mídia
    Tags:
    China, cooperação econômica, acordo de cooperação, Estados Unidos, sanções econômicas, guerra de sanções, Hassan Rouhani, Oriente Médio, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar