16:52 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    28822
    Nos siga no

    O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, afirmou em conversa com ministros italianos que os militares dos EUA estão saqueando "ao povo sírio" os recursos petrolíferos de que ele tanto precisa.

    Os EUA estão roubando aberta e descaradamente os campos petrolíferos na Síria e, ao mesmo tempo, proíbem através de sanções o fornecimento de petróleo a este país, disse o ministro da Defesa russo, general de exército Sergei Shoigu.

    Os ministros das Relações Exteriores e da Defesa russos, Sergei Lavrov e Sergei Shoigu, conversaram em Roma com seus homólogos italianos, Luigi di Maio e Lorenzo Guerini.

    "Por um lado, os campos petrolíferos [território] em que o petróleo é produzido, são controlados pelos Estados Unidos. Lá está acontecendo um saque aberto e descarado da riqueza que pertence à Síria e ao povo sírio. Por outro lado, é proibido levar petróleo para lá", disse Shoigu em uma coletiva de imprensa transmitida no YouTube.

    "Em terceiro lugar, a maioria dos que sofrem no território da Síria precisa de aquecimento, água quente e eletricidade que, como sabemos, é retirada de hidrocarbonetos que é proibido fornecer para lá, e eles nem sempre podem produzi-los por eles mesmos", explicou Shoigu.

    Recorde-se que o presidente norte-americano Donald Trump anunciou em dezembro de 2019 a retirada de tropas dos EUA do noroeste da Síria, deixando, no entanto, um contingente reduzido de tropas, que logo tratou de ocupar os campos petrolíferos sírios com a justificação de protegê-los contra os grupos terroristas.

    Mais:

    Síria e Rússia iniciam trabalho de exploração de petróleo no Mediterrâneo
    Síria estaria planejando processar EUA por 'roubo' de petróleo
    Trump assume desejo de controlar petróleo no Oriente Médio
    Reportado envio de comboio militar e logístico dos EUA a províncias sírias ricas em petróleo
    Terroristas explodem oleoduto submarino na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    Luigi Di Maio, Sergei Lavrov, Sergei Shoigu, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar