18:44 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    494
    Nos siga no

    A agência de segurança de transporte dos Estados Unidos anunciou que aceitou o convite do Irã para participar da investigação do acidente do voo 752 da Ukrainian International Airlines.

    A aeronave caiu logo após decolar em Teerã, na quarta-feira (8). O acidente causou a morte de 176 pessoas, entre passageiros e tripulantes. 

    De acordo com a agência estadunidense, as autoridades iranianas serão a "principal agência de investigação". O Conselho de Segurança no Transporte do Canadá também anunciou que aceitou o convite de Teerã e irá visitar o local da queda do avião. 

    O Irã afirma que o avião caiu por conta de um defeito técnico, enquanto as autoridades dos Estados Unidos e do Canadá acusam Teerã de ter abatido a aeronave.

    "[O Irã] pede ao primeiro-ministro canadense e a qualquer outro governo que compartilhe informações com o comitê encarregado de investigar o incidente no Irã", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Abbas Mousavi.

    Mais:

    Acordo nuclear com Irã morreu porque Europa não o salvou, diz deputado alemão
    Trump diz que aprovou novas sanções contra o Irã
    Qual o risco da crise entre EUA e Irã para o comércio exterior do Brasil?
    Câmara dos EUA aprova resolução para limitar ações de Trump contra Irã
    Tags:
    Boeing, avião, Irã, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar