14:53 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    18744
    Nos siga no

    Na quarta-feira (8), o comandante miliciano do Iraque, Qais al-Khazali, afirmou que Bagdá vai seguir a resposta do Irã ao assassinato do major-general iraniano Qassem Soleimani em 3 de janeiro.

    Segundo a agência de notícias Reuters, o comandante miliciano do Iraque, Qais al-Khazali, sublinhou que a resposta iraquiana será "não menos" do que a retaliação de Teerã. Para o miliciano, a retaliação do Iraque seria uma forma de se vingar pelo assassinato do membro sênior das Forças de Mobilização Popular Shia do Iraque, Abu Mahdi al-Muhandis, que também foi morto no ataque aéreo dos EUA.

    "A resposta inicial do Irã ao assassinato do comandante Soleimani aconteceu. Agora é hora de resposta inicial para o assassinato do comandante al-Muhandis. E como os iraquianos são bravos e zelosos, sua resposta não será menos do que a do Irã. É uma promessa", afirmou al-Khazali.

    O chefe da Força Quds, o major-general Qassem Soleimani, e o membro sênior das Forças de Mobilização Popular Shia do Iraque, Abu Mahdi al-Muhandis, foram ambos mortos em um ataque aéreo realizado pelos EUA na sexta-feira (3), perto do Aeroporto Internacional de Bagdá. Além dos dois, mais dez pessoas morreram.

    Teerã prometeu resposta feroz após a morte do seu comandante, realizando dias depois dois ataques contra instalações militares usadas pelos soldados norte-americanos no Iraque.

    Mais:

    Avião ucraniano com cerca de 180 pessoas cai no Irã; ninguém sobreviveu
    Imagens da queda do Boeing 737 no Irã são divulgadas (VÍDEOS)
    Forças do Irã ameaçam esmagar o 'Grande Satã' norte-americano
    Tags:
    Qasem Soleimani, Irã, EUA, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar