10:48 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11725
    Nos siga no

    Neste domingo, as forças americanas realizaram ataques contra cinco instalações das Brigadas do Hezbollah na Síria e no Iraque.

    Segundo o secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, os ataques visaram locais de armazenamento de armas e bases de comando e controle do grupo. A autoridade afirmou que Washington estava pronto para medidas adicionais contra o Irã, quando e se for necessário.

    O chefe do Pentágono acrescentou que os "ataques aéreos defensivos" realizados neste domingo na Síria e no Iraque foram bem-sucedidos, e que as autoridades americanas discutiram inicialmente outras opções com o presidente Donald Trump, informou a Reuters.

    Esper caracterizou as manobras como "ações ofensivas contra o grupo patrocinado pelo Irã", ou seja Brigadas do Hezbollah.

    O secretário de Estado, Mike Pompeo, confirmou que as autoridades americanas informaram Trump sobre os ataques aéreos realizados "em resposta à ameaça contra as forças americanas".

    O número de mortos após os ataques com drones dos Estados Unidos no Iraque é de 25 pessoas, com 51 supostos militantes feridos, informaram em um comunicado as Forças de Mobilização Popular do Iraque, também conhecidas como Hashd al-Shaabi.

    Os ataques aéreos foram uma resposta ao ataque de míssil contra uma base no norte do Iraque na sexta-feira, que, segundo os EUA, provavelmente foi realizado por um grupo de milícias aliadas ao Irã.

    Tags:
    ataque aéreo, EUA, Kataib Hezbollah
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar