12:07 05 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    341
    Nos siga no

    Alemanha pretende sediar uma conferência multilateral para a paz na Líbia, com objetivo de encontrar uma saída para a guerra no país árabe que já dura oito anos.

    Mohamed Taher Syala, o chefe da diplomacia do Governo do Acordo Nacional líbio, disse à Sputnik neste sábado concordar com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, de que ambos os lados do conflito no país devem estar presentes na conferência de Berlim.

    Lavrov declarou neste sexta-feira que a Rússia ficou surpresa ao descobrir que nem os lados do conflito da Líbia nem a União Africana foram convidados para o evento.

    "Prefiro que os lados da Líbia sejam convidados, porque você não pode resolver o meu problema sem a minha presença. Concordo com o que Lavrov disse", afirmou a autoridade do Governo do Acordo Nacional, à margem do fórum de Diálogos do Mediterrâneo, em Roma.

    Syala também disse à Sputnik que a conferência de Berlim possivelmente aconteceria em meados de janeiro. Uma reunião para se preparar para a tão esperada reunião está marcada para terça-feira. O governo líbio, apoiado pela ONU, mantém contatos com a Rússia no que diz respeito ao processo de paz, acrescentou.

    Tags:
    Berlim, Governo do Acordo Nacional, Líbia, solução política
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar